Você está aqui: Página Inicial > Composições > Vladimir Souza Carvalho

Desembargador federal Vladimir Souza Carvalho

Dados Pessoais

Nacimento: 6 de abril de 1950, em Itabaiana (SE)
Filiação: Jubal Carvalho e Maria de Souza Carvalho
Cônjuge: Cristiane Santana Gonçalves de Oliveira
Filhos: Helder Monteiro de Carvalho, Iana Monteiro de Carvalho, Vladimir Gonçalves de Carvalho, Pedro Gonçalves de Carvalho

Formação Acadêmica

Formado em direito pela Universidade Federal de Sergipe (UFS), tendo sido, antes, juiz de direito das comarcas de Nossa Senhora da Glória e Campo do Brito, respectivamente, e, depois, juiz federal da 2ª Vara das Seções Judiciárias do Piauí, Alagoas e Sergipe.

Produziu vários livros de contos, poesias, história municipal da sua cidade natal (Itabaiana), folclore e direito. Alguns de seus livros de contos: "Quando as cabras dão leite" (1971), "Mulungu Desfolhado (1994), "Água de Cabaça" (2003), "Feijão de Cego", que será lançado no dia 28 de agosto em Itabaiana.

Na poesia: "Sinal Verde, trânsito vermelho" (1972), "Dois Instantes e uma saudade" (inédito). Na história municipal: "Santas Almas de Itabaiana Grande" (1973), "A República Velha em Itabaiana" (2000) e "Vila de Santo Antonio de Itabaiana", que também será lançado em 28 de agosto, data em que Itabaiana passou de vila para cidade.

No folclore: "O Caxangá na história de Itabaiana" (1976), "Apelidos em Itabaiana", "Adivinhas Sergipanas" (1999) e no Direito: "Da Justiça Federal e sua Competência" (1980), "Manual de Judicatura Aplicada" e "Competência da Justiça Federal" (sete edições publicadas). E em preparo, "Manual de Competência da Justiça Federal". Vladimir de Souza colabora com a publicação de artigos no jornal Correio de Sergipe.

Em março de 2009, foi escolhido para dar nome ao Fórum da Justiça Federal de Itabaiana.

Principais Atividades Exercidas

Na vida pública, foi datilógrafo do antigo INPS, de 19691970; auxiliar judiciário, técnico judiciário, chefe do setor de procedimentos cíveis e trabalhistas e de procedimentos criminais, diretor de secretaria substituto da Justiça Federal de Sergipe, 19701978; juiz de direito das comarcas de Nossa Senhora da Glória e Campo do Brito, em Sergipe, substituindo as comarcas de Riachuelo, Frei Paulo e Ribeirópolis, e, respondendo, em recesso forense, ainda pelas comarcas de Simão Dias e Lagarto, de19781984, todas no Estado de Sergipe; juiz federal em Piauí, de19841985, em Alagoas,19851987, respondendo, desde 1987 pela vara da seção judiciária de Sergipe. Exerceu a jurisdição federal nas seções judiciárias do Maranhão, Paraíba e Pernambuco, tendo integrado, como substituto, por duas vezes, o Tribunal Regional Federal da Região, e a comissão especial destinada a oferecer sugestões sobre o setor de recursos daquele tribunal, participando também das primeiras listas de merecimento visando uma vaga no supramencionado colegiado. Foi membro substituto dos tribunais regionais eleitorais do Piauí, Alagoas e Sergipe, ocupando, neste último, como titular, a cadeira de juiz federal, por três biênios. Presidente daTurma Recursal dos Juizados Federais Especiais de Sergipe, em 2002. Integrante daTurma de Uniformização das Turmas Recursais dos Juizados Federais Especiais, em BrasíliaDF, em 20022033. Desembargador do Tribunal Regional Federal da 5a.Região, com sede em Recife, desde 27 de fevereiro de 2008, promovido pelo critério de antiguidade.


Contato:

Telefone: (81) 3425-9010/9012
E-mail: presidencia@trf5.jus.br